Associação entre a doença periodontal e a artrite reumatóide

Posted on

Na última década, estudos focaram em uma bactéria conhecida como Porphyromonas gingivalis, encontrada em pacientes com doença gengival.

Para este estudo, a equipe de investigação com experiência em microbiologia periodontal, doença periodontal e AR começou a procurar um denominador comum que pode ligar ambas as doenças. Os neutrófilos são as células inflamatórias mais abundantes encontradas nas articulações e nas gengivas dos pacientes com AR e doença periodontal, dizem os pesquisadores. Estima-se que 1,5 milhões de pessoas em todo o país vivem com artrite reumatóide, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. características de similaridade entre a Doença Periodontal e a Artrite Reumatóide, contexto, a condição periodontal dos pacientes com artrite reumatóide podem apresentar Artrite Reumatóide: um primeiro, de revisão, com o título Doença Periodontal e Artrite Referência para os pacientes com Artrite Reumatóide na rede de saúde municipal. examinados no grupo teste, portadores de artrite reumatóide, 84,9%, eram mulheres, das duas patologias que são reforçadas no artigo 2, onde pode-se verificar que pacientes

Saiba mais sobre 4 alimentos que combatem a inflamação da artrite

  • Mónica Morado Pinho
  • Patrícia Almeida Santos

com artrite reumatóide apresentaram maior perda de inserção, periodontite crônica

os grupos no aspecto de perda dentária A proposta da associação entre doença periodontal e as doenças sistêmicas tem sido A artrite reumatóide parece modular a resposta imune do hospedeiro, podendo aumentar a suscetibilidade à doença periodontal destrutiva em adultos. Recentemente, evidenciou-se que também pacientes com artrite idiopática juvenil possuíam maior suscetibilidade à doença periodontal destrutiva comparados a indivíduos saudáveis da mesma idade. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi promover uma revisão da literatura sobre uma possível relação entre artrite crônica e periodontite. Vários estudos têm sugerido uma associação entre a artrite reumatóide (AR) e periodontite, duas doenças comuns que compartilham um número de fatores de risco, principalmente de fumar. Objectivo: Este estudo teve como objectivo avaliar a existência de associação entre a doença periodontal e a artrite reumatóide. Resultados: Os pacientes com artrite reumatoide possuíam menor quantidade de dentes, apresentando maior prevalência de placa bacteriana bem como maior frequência Conclusão: Os resultados obtidos para a população estudada revelaram que os indivíduos com artrite reumatóide têm 1,24 vezes mais probabilidade de ter doença periodontal que Um estudo israelita revela que o marcador genético HLA-DR4 é frequentemente encontrado em pessoas com artrite reumatoide e em 80% dos pacientes com periodontite.

Quem sofre com artrite e artrose sabe como é dolorido e limitante a doença.

  • There are currently no refbacks.

Estudos mostraram que pessoas com AR são mais propensas a ter doença periodontal comparadas àquelas que não têm essa doença inflamatória crônica das articulações.

Um estudo de 2008 publicado no Journal of Periodontology mostrou que pacientes com AR eram praticamente oito vezes mais propensos a ter doença periodontal. Como a artrite é uma doença debilitante que pode comprometer a destreza manual dos pacientes, alguns indivíduos podem não ser capazes de manter uma boa higiene bucal. O estudo encontrou que, embora a higiene bucal fosse um fator, ela não explicava totalmente a associação entre as duas doenças. Para mais detalhes sobre os produtos, veja o guia For the Dental Patient (Para o Paciente Odontológico) para a aquisição de produtos bucais no link www.ada.org (em inglês). A AR é uma doença auto-imune, inflamatória, crônica e progressiva. Palavras-chave: Artrite Reumatóide; Doença Auto-Imune; Doenças Reumáticas; Manifestações Bucais; Periodontite. Artrite reumatóide é um termo inespecífico que significa “inflamação das articulações” (MIGUEL et al., 2008; LITTLE et al., 2009; CARVALHO et al., 2009; PINHEIRO et al., 2009). (2009) a AR constitui a principal alteração articular degenerativa e é tida como uma doença auto-imune de etiologia desconhecida. Escovar os dentes é para a maioria, uma tarefa dolorosa, razão por que a saúde bucal do paciente é geralmente renegada (CARVALHO et al., 2009).

Relato de Cura de Doença de Raynaud com Auto-hemoterapia e cura de dores crônicas na coluna.

Os descritores utilizados para a busca dos artigos foram: artrite reumatóide; doença auto-imune; doenças Reumáticas; manifestações bucais e periodontite.

3)    REVISÃO DE LITERATURA 3.1) Artrite Reumatóide (AR) A AR causa inflamação na membrana sinovial articular e se manifesta por calor, inchaço e dor. É uma doença poliarticular inflamatória crônica, em que o envolvimento extra-articular ou sistêmico não é negligenciável (PEREIRA et al., 2006; BRAGA et al., 2009; WALLIN et al., 2005). Para Carvalho e Wallin et al., (2009) a carga genética pode exercer papel importante no desenvolvimento da doença. A AR pode funcionar como um ativador para a resposta imune no periodonto do hospedeiro, aumentando a suscetibilidade à doença periodontal destrutiva  (Braga et al., 2007). Os autores concluem sugerindo que há associação entre doença periodontal e AR. Há ainda evidência de que o tratamento da AR com medicamentos que antagonizam o fator de necrose tumoral (anti-TNF) pode ter efeitos benéficos na doença periodontal (Ortiz et al., 2009). A suscetibilidade genética à ocorrência da doença periodontal e sua associação com a gravidade da AR vem sendo cada vez mais compreendida. Alguns alelos do locus HLA-DRB1, conhecidos como epítopos compartilhados, têm sido descritos como marcadores genéticos desta doença e associados à sua maior gravidade. De acordo com Braga et al., (2007) e Carvalho et al., (2009) existe uma condição de risco à AR baseada na exposição crônica ao lipopolissacarídeo que ocorre nas doenças periodontais.

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

O tratamento médico apropriado para a AR é basicamente paliativo, pois não existe cura para a doença.

Estudo de HLA Classes I e II em Trinta pacientes equatorianos com Artrite Reumatóide em Comparação com Alelos de Individuos Sadios e Afetados com Outras Doenças Reumáticas. Associação entre a Doença Periodontal e a Artrite Reumatóide numa População da Ilha Terceira. ISHI, E. de P. Condição Periodontal Em Pacientes Com Artrite Reumatóide. Avaliação da IgG Anti-Péptideo Citrulinado Cíclico (CCP) em doentes com Artrite Reumatóide, outras Doenças Difusas do Tecido Conjuntivo e Controles saudáveis. Será que as pessoas com artrite reumatóide (AR) apresentam risco maior de doença periodontal porque sua mobilidade limitada afeta a forma como limpam e cuidam dos dentes? O índice de placa bacteriana dentária, o índice gengival, a profundidade de sondagem e a perda de inserção clínica de cada paciente foram registrados conjuntamente com um exame oral completo. “O presente estudo sugere que pacientes com AR apresentam prevalência aumentada de perda da inserção periodontal, quando comparados com indivíduos que não apresentam essa doença”, concluem os pesquisadores. “Já se acredita que a inflamação ligue a doença periodontal com outras condições como doença cardiovascular e diabetes. A artrite reumatoide (AR) é também uma doença inflamatória crônica, que compartilha de mecanismos semelhantes de destruição tecidual, resultando em destruição progressiva das articulações.

Artrite crônica e periodontite / Chronic arthritis and periodontitis

Além disso, os pacientes artríticos apresentaram maior severidade da doença do que os não artríticos.

A Doença Periodontal poderá também provocar possíveis alterações inflamatórias em todo o organismo. TABACO O tabaco está associado a várias doenças tais como: cancro, doença pulmonar, doença cardíaca e outros problemas de saúde. Os indivíduos fumadores possuem um risco aumentado para doença periodontal. Existem vários estudos científicos que demonstram que o tabaco é um dos fatores de risco mais importante no desenvolvimento e progressão da doença periodontal. GENÉTICA Vários estudos científicos demonstram que alguns doentes apresentam uma suscetibilidade genética para a doença periodontal. A identificação deste tipo de doente com um teste genético, muitas vezes antes do diagnóstico da doença, poderá ser benéfico. O stress também é considerado um fator de risco para a doença periodontal, uma vez que dificulta o nosso organismo no combate a uma infeção, incluindo as doenças periodontais. Estas doenças são a doença cardiovascular, diabetes e artrite reumatóide. DIABETES Os doentes com diabetes possuem maior probabilidade de ter doença periodontal do que doentes sem diabetes, uma vez que têm uma maior suscetibilidade a infeções.

Nenhuma evidência de ligação entre a doença periodontal e artrite reumatóide

Existem vários estudos sugerem que o tratamento da doença periodontal poderá ajudar no controlo da diabetes.

As novas técnicas cirúrgicas permitem um tratamento mais preciso, conservador e regenerador, sendo o processo de cicatrização e eliminação da doença mais rápido e eficaz. A melhor maneira de prevenir a doença nas gengivas é através de uma boa higiene oral e um acompanhamento periódico com o seu Periodontologista ou Higienista oral. Estudos mostram uma forte ligação entre AR e doença periodontal, uma condição inflamatória que pode levar à perda de dentes e outras complicações de saúde, como doença cardíaca. “ Os médicos podem não saber ao certo como a doença periodontal e AR estão ligados, mas ambas as doenças têm inflamação em comum, o que pode explicar a ligação. Algumas pessoas com AR também desenvolvem síndrome de Sjögren ou sicca síndrome, uma doença auto-imune das glândulas, que provoca a boca seca e aumento da cárie dentária. 28 - Semelhanças e diferenças entre periodontite crônica e agressiva: do diagnóstico ao tratamento da doença Entre estas, as doenças periodontais (DP) e artrite reumatóide (AR) compartilham diversas semelhanças patológicas relacionadas, sobretudo, a alterações no perfil e níveis de citocinas e de seus antagonistas. Estudos clínicos desenvolvidos indicam uma associação relevante entre a artrite reumatóide e a periodontite que poderá ser justificada pela presença de alguns mecanismos patogénicos comuns. Através desta revisão da literatura pretendemos analisar a evidência científica da associação da periodontite e a artrite reumatóide.

Associação entre a doença periodontal e a artrite reumatóide

Genericamente, os estudos caso-controlo analisados reportam diferenças estatisticamente significativas na perda de nível de inserção clínico em pacientes com artrite reumatóide, comparativamente ao grupo controlo (intervalos de confiança de 95%).

Na última década, estudos focalizaram uma bactéria conhecida como Porphyromonas gingivalis, encontrada em pacientes com doença gengival. Para este estudo, a equipe de investigação com experiência em microbiologia periodontal, doença periodontal e AR começou a procurar um denominador comum que possa ligar ambas as doenças.