O conceito de doença cardíaca reumática

Posted on

A Febre Reumática é uma doença inflamatória que pode comprometer as articulações, o coração, o cérebro e a pele de crianças de 5 a 15 anos.

O termo reumatismo abrange mais de 100 doenças diferentes, afetando acima de tudo o sistema locomotor, nomeadamente estruturas como ligamentos, ossos, músculos, articulações e tendões. As formas de reumatismo mais comuns são a artrose, a artrite, a febre reumática, o lúpus, a bursite, a tendinite, a gota, a fibromialgia, entre outras. A febre reumática, popularmente chamada de reumatismo no sangue, é uma doença causada por uma reação autoimune do organismo após infecções causadas por bactérias. Além disso, o reumatismo no sangue, pode ainda afetar o sistema nervoso e até mesmo as válvulas cardíacas, prejudicando o funcionamento do coração. A causa mais comum de reumatismo no sangue é uma infecção de garganta causada pela bactéria Estreptococcos beta-hemolíticas, que não foi prontamente tratada. Dra Jaqueline Lopes: Reumatismo é um termo muito genérico e amplo, englobando inúmeras doenças - como gota, artrite reumatóide, artrose (osteoartrite), lúpus eritematoso, febre reumática, fibromialgia, etc. Alguns dos sintomas mais comuns são dores nos ossos e articulações ou órgãos como olhos, pulmões, rins e pele. São conhecidos mais de 100 tipos de doenças reumáticas, e as mais comuns são artrite reumatóide,  orteoporose,   fibromialgia, febre reumática, gota, tendinite e bursite. Doença reumática (RHD) é um tipo de doença cardíaca rara encontrada em crianças da faixa etária de 5 a 15 anos, que ocorre devido à inflamação do coração.

Saiba mais sobre as causas e sintomas da Espondiloartrose, doença degenerativa que afeta as articulações e ossos da coluna

  • Febre Familiar do Mediterrâneo
  • Reumatismo Palindrômico
  • Hidrartrose intermitente

Esta inflamação é causada devido a uma infecção da bactéria Streptococcus, que leva a sintomas como dor de garganta (faringite) e febre chamada febre reumática.

Nas décadas de 40, 50 e 60, estava na moda o conceito de “atividade reumática”, que foi inicialmente desenvolvido para avaliar a atividade da doença chamada febre reumática. Na febre reumática, a “atividade da febre reumática” equivale ao surto da doença, com febre, dores nas articulações, artrites, anemia, manchas de pele. Na mesma época em que o conceito de “atividade reumática” era desenvolvido, houve uma tentativa de mudar o nome da febre reumática para “doença reumática”. Os principais sinais que surgem são: Dependendo do reumatismo pode se observar também quadros de queda de cabelo, dor de cabeça, lesões na pele, emagrecimento, febre e muito cansaço. De longe a causa mais freqüente é a febre reumática, embora em muitos casos não haja história dessa doença que deve ter passado despercebida. Pesquisas apontam que a causa do desenvolvimento do reumatismo no sangue pode ser infecções de garganta desenvolvidas da bactéria conhecida como Estreptococcos Beta-hemolítica que não teve um tratamento eficiente. Se deseja ler mais artigos parecidos a Quais os sintomas de reumatismo no sangue, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários. A febre reumática, chamada no passado de artrite ou reumatismo infeccioso, é outra doença bastante referida na infância. Várias doenças reumáticas, entre elas a artrite reumatoide, osteoartrite, febre reumática e gota, podem acometer os joelhos.

Fibromialgia é uma doença crônica que não tem cura, mas que se seguido corretamente o tratamento, pode se ter controle sobre a doença e levar uma vida tranquila.

  • Febre acima de 38º C;
  • Pequenos nódulos debaixo da pele;
  • Dor no peito;
  • Manchas vermelhas na pele.

A febre reumática, conhecida popularmente como reumatismo no sangue, é uma complicação que pode surgir após um quadro de faringite causado pela bactéria Streptococcus.

Neste artigo vamos explicar o que é a febre reumática (reumatismo no sangue), quais são os seus sintomas, suas causas e as opções de tratamento e prevenção. Porém, a bactéria Streptococcus pyogenes possui uma proteína muito semelhante à existente em alguns tecidos do nosso corpo como válvulas cardíacas, articulações, sistema nervoso e pele. Sinais e sintomas de febre reumática resultam na inflamação do coração, articulações, pele ou do sistema nervoso central e podem incluir: – Febre Infecções estreptocócicas da pele ou de outras partes do corpo raramente desencadeiam a febre reumática. Os objetivos do tratamento para febre reumática são destruir qualquer grupo restante de bactérias estreptococos, aliviar os sintomas, controlar a inflamação e prevenir episódios recorrentes da doença. As pessoas que vivenciaram inflamação do coração quando tiveram febre reumática, são aconselhadas a fazer o tratamento preventivo com antibióticos por muito mais tempo, ou até mesmo por toda vida. Os danos ao coração causados pela febre reumática podem não aparecer até muitos anos após a doença. Nos casos onde foi diagnosticada uma doença inflamatória articular crônica, tais como: AR, AIJ, espondiloartropatias, entre outras, o tratamento medicamentoso deve ser dirigido para essas doenças. Sendo assim, pode-se dizer que a doença febre reumática é interrompida com o tratamento adequado, porém ela pode deixar complicações permanentes.

CABELO E PELE - O NONI contém não somente os componentes que são especificamente importantes para a pele, mas é também o veículo perfeito para carregar substâncias benéficas à pele.

  • inchaço de articulações;
  • dores na ou nas articulações afetadas;
  • febre constante, geralmente à noite;
  • fadiga excessiva;
  • falta de apetite;
  • dificuldade em movimentar os membros com as articulações afetadas;
  • rigidez articular.

Segundo a literatura médica, porém, o conceito de reumatismo é amplo e engloba mais de 200 tipos diferentes de enfermidades (gota, artrite reumatoide, artrose (osteoartrite), lúpus eritematoso, febre reumática, etc.)

A febre reumática, por exemplo, causada por uma cepa de estreptococos que infecta a garganta, é uma doença secundária que se manifesta nas crianças. A febre reumática é uma doença auto-imune que causa inflamação em muitos tecidos do corpo, provocando dor nas articulações, nódulos na pele, sopro cardíaco, fraqueza muscular e, até, movimentos involuntários. A presença do anticorpo para a bactéria da febre reumática, detectado por exames de sangue ou de secreções da garganta, também é importante para a confirmação do diagnóstico. reumatismo articular agudo sinónimo febre reumática; doença de Bouillaud reumatismo articular crónico Doença reumatismal crónica, consecutiva a vários ataques de reumatismo articular agudo. rheumaticus) Classificação gramatical: adjetivo Divisão silábica de reumático: reu·má·ti·co Alivie as dores reumáticas de forma natural | Imagem: Reprodução O reumatismo não é uma doença em específico. “A inflamação crônica associada a muitas doenças reumáticas também pode levar a um aumento do risco de complicações cardíacas. A febre reumática, apesar de muito rara atualmente, não causa problemas articulares permanentes, mas episódios graves ou recorrentes podem levar a uma doença cardíaca . FEBRE REUMÁTICA A febre reumática é uma doença que afeta mais comumente crianças em idade escolar, principalmente entre 6 e 8 anos de idade. Apesar de ser mais comum a pessoa descobrir a doença reumática primeiro, é possível que o comprometimento ocular possa indicar a presença de doenças reumáticas.

Febre reumática aguda e doença cardíaca reumática Entre Crianças – Samoa Americana, 2011-2012

Outro exemplo é a febre reumática, doença que acomete principalmente crianças e pode começar pelo coração e não pelas articulações.

Artrite reumatoide de longa evolução, lúpus eritematoso sistêmico, a esclerodermia (doença sistêmica autoimune que acomete principalmente a pele) são outros tipos de reumatismo que também podem atacar o coração. Além disso, algumas doenças reumáticas podem comprometer outras partes e funções do corpo humano, como rins, coração, pulmões, olhos, intestino e até a pele. Existem muitos tipos de doenças reumáticas; algumas das mais comuns: artrose, fibromialgia, osteoporose, gota, tendinites e bursites, febre reumática e artrite reumatoide. Ainda não há cura garantida para o reumatismo nos ossos, mas o tratamento ajuda o paciente a conviver com a doença sem sofrer com maiores complicações. O termo reumatismo no sangue é popular e refere-se à febre reumática, uma doença grave que causa inflamação nas articulações, nas válvulas cardíacas e vasos sanguíneos. O reumatismo nos ossos refere-se às doenças que afetam diretamente essas estruturas, como artrite reumatoide, osteoartrite, osteoporose, artrose, fibromialgia e lúpus. Mas ASLO aumentado não causa dor no corpo e, a maioria das pessoas que afirmam ter “reumatismo no sangue” e têm ASLO aumentado, não têm febre reumática. Por isso, “reumatismo no sangue” não é o nome popular da febre reumática. A maioria das pessoas que atendo e que diz ter “reumatismo no sangue” usa injeções de penicilina para “tratamento” de dores no corpo.

Febre reumática – Reumatismo no sangue

É para evitar confusões assim que o médico não deve misturar ciência – febre reumática – com mito - “reumatismo no sangue”.

Por isso, “reumatismo no sangue” não é a mesma coisa que febre reumática. A febre reumática, também conhecida como reumatismo cardíaco, é uma doença inflamatória, consequente à infecção por uma bactéria, o Streptococus beta hemolítico, que determina reação autoimune em pessoas susceptíveis. Popularmente conhecidas como reumatismo, as doenças reumáticas são prevalentes e representam o conjunto de diferentes doenças que acometem o aparelho locomotor, ou seja, ossos, articulações, cartilagens, músculos, tendões e ligamentos.